O Ministério Público de Pernambuco realiza o Seminário Estadual sobre os Impactos Ambientais na Área Gesseira



Em quinze anos, de 1989 a 2004, 17% da caatinga (168.752 hectares) foram desmatados para abastecer os fornos das calcinadoras do Araripe, que transformam o minério gipsita em gesso, segundo levantamento de 2005 da Secretaria de Ciência, Tecnologia e Meio Ambiente (SECTMA).
Os impactos causados pela atividade serão tema do Seminário sobre impactos ambientais na área gesseira, no Sertão, dias 19 e 20, das 18h às 22h, com 180 vagas. Será no auditório do Centro Tecnológico do Araripe, em Araripina. A carga horária, de oito horas, inclui visitas de campo, pois no segundo dia, pela manhã, haverá visitas a mineradora, calcinadora e fábrica de pré-moldados. Inscrições até dia 17 pelo telefone 3182-7348. Veja programação completa abaixo. (Foto de Beto Figueiroa/JC Imagem, 16/02/2006) - Fonte: Verônica Falcão.

PROGRAMAÇÃO (Clique aqui)

Comentários

  1. Gutemberg de Pádua Melo - Ascom Ibama14 de novembro de 2009 19:13

    Teresina (13/11/2009) – O Conselho Regional de Superintendentes do Ibama no Nordeste – Corene, se reuniu nos dias 12 e 13 de novembro, aconteceu em Teresina/PI, o encontro teve como tema “O Fortalecimento do Ibama no Nordeste”. Os cordenadores e chefes de diversos setores do Ibama vindos de diversas regiões, apresentaram palestras e fizeram uma avaliação dos trabalhos realizados, buscando verificar o nível integração das equipes de fiscalização na região Nordeste, através da realização de operações conjuntas nos biomas Cerrado, Caatinga, Mata Atlântica, além da área de pesca.
    Para Ronilson José da Paz, superintendente interino do Ibama da Paraíba, o evento foi uma oportunidade importante para se discutir os rumos das ações do Ibama no Nordeste do Brasil. Na reunião, foram discutidos assuntos relevantes para o alcance do objetivo do encontro, como o uso do geoprocessamento na fiscalização, a avaliação da aplicabilidade da Instrução Normativa -IN 14/2009, revisada pela IN 27/2009, as competências do Ibama na gestão dos recursos pesqueiros, o desafio do uso sustentável do Bioma Caatinga, e a discussão sobre a gestão de florestas públicas.
    De acordo com Célio Costa Pinto, superintendente do Ibama da Bahia e coordenador do Corene, os resultados da reunião foram muito positivos para o planejamento integrado das ações do Ibama no Nordeste, contado com a participação de todos os superintendentes e gerentes executivos da autarquia no Nordeste. Durante a reunião houve o lançamento do DVD “Cantando por Liberdade”, produzido pelo Núcleo de Educação Ambiental do Ibama-PI.
    Também estiveram na reunião o chefe do Centro de Sensoriamento Remoto do Ibama Sede, Humberto N. de Mesquita Júnior , o subprocurador da Procuradoria Especializada junto ao Ibama, Alexandre Coelho Neto, o diretor de Biodiversidade e Florestas, José Humberto Chaves, a coordenadora substituta da Coordenação Geral de Fauna e Pesca, Cosette Barrabas Xavier da Silva, Antonio Clerton de Paula Pontes, do Instituto Chico Mendes, João Arthur Soccal Seyffarth, do Ministério do Meio Ambiente, e o presidente do Serviço Florestal Brasileiro, Antônio Carlos Hummel.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Alô amigos(as)caatingueiros(as). Neste espaço deixem seus comentários sobre as notícias e sobre o BLOG.

Postagens mais visitadas deste blog

O risco da caatinga virar um deserto"A vegetação típica do Nordeste está literalmente sumindo do mapa

Rio São Francisco - A extinção da caatinga (ESTUDO)