Postagens

Mostrando postagens de Novembro, 2009

O Planeta Terra respirando

Deixemos a nossa Terra respirar. Imagens valem mais que mil palavras.

Produtos da Caatinga e do Cerrado ganharão destaque nos próximos anos

Imagem
Organizações produtivas do interior do Nordeste estão acessando o mercado a partir da construção da Rede Bodega
de Produtos Sustentáveis do Bioma Caatinga; sabores exóticos de frutas regionais estarão em breve em picolés, sorvetes e sucos
Foto: Óleo de babaçu (Sebrae)



Por Regina Xeyla

Picolé de açaí, ou de açaí com banana, além de sucos de maracujá da caatinga e de açaí com guaraná. Esses são algumas das novidades que turistas do mundo inteiro vão encontrar ao chegar no Brasil em 2014 e 2016, anos de Copa do Mundo e da Olimpíada, respectivamente.
Por trás desses produtos de sabores exóticos está um importante e amplo trabalho da Rede Bodega de Produtos Sustentáveis do Bioma Caatinga que beneficia 2.500 famílias do Cerrado, da Caatinga e da Amazônia.
A organização não-governamental Agendha é responsável por tecer os fios dessa rede, que trabalha com base nos princípios do comércio justo e solidário. A ONG foi criada em 2003 para a realização de serviços de assessoria e gestão em estudos d…

Da Dinamarca para a Caatinga

Imagem
Por Alexandrina Sobreira de Moura
 (Publicado no JC Edição 28.11.2009)

A poucos dias do início da 15ª Conferência das Partes sobre o Clima (COP 15), a, que será realizada de 7 a 18 de dezembro em Copenhague, reunindo 192 membros das Nações Unidas, a expectativa mundial é de que se firme um acordo para reduzir as emissões de gases que provocam o efeito estufa substituindo o Protocolo de Kioto.
O presidente Luiz Inácio Lula da Silva ainda precisa falar mais alto para chegar a um acordo sobre a proposta brasileira. O Ministério do Meio Ambiente (MMA) propõe uma meta ambiciosa pela qual o Brasil reduziria em 40% a emissão de gases poluentes. Aguardamos, no entanto a última palavra que será dada pela ministra da Casa Civil, Dilma Rousseff. De concreto, fica a expectativa de que as articulações do presidente Lula com outros líderes mundiais como o presidente, Barack Obama, possam trazer um inovador compromisso ambiental de verdadeiro impacto global.
Até lá, o presidente lançará um pacote amb…

Mostra de Cinema "Bela Caatinga" chega ao final

Imagem
População de vários municípios pernambucanos assistindo aos filmes

Prezados Parceiros


Alguns resultados da mostra de cinema Bela Caatinga. Fico muito feliz, que cerca de 10 000 pessoas tenham assistido filmes, aprendido e se deliciado com o mundo fantástico do cinema. Atingimos nossos objetivos, com dificuldades.
Gostaria que me enviassem o nome das pessoas que trabalharam na produção local da mostra, para emitir certificados. Muito bom conhecer voces e contar com o apoio em cada municipio, sem o qual não seria possivel ter esses resultados. Aguardo noticias.
Grande abraço

Cléa Lúcia Presbytero de Brito

O Comitê da Caatinga participa de Seminário em Araripina e Reunião em Serra Talhada.

Imagem
Foto: IPA


No último dia 19, deste mês de novembro o Coordenador Geral do CERBCAA/PE, Elcio Alves Barros, participou do Seminário Estadual sobre Impactos Ambientais na Área Gesseira , promovido pelo Ministério Público de Pernambuco - MPPE,  proferindo palestra intitulada: "Bioma Caatinga e Desenvolvimento Sustentável". O Seminário ocorreu nos dias 19 e 20 deste mês, no município de Araripina (PE). O encontro, reuniu especialistas de diversas instituições, sendo realizado no Auditório do Centro Tecnológico do Araripe, na Vila Santa Isabel . O público alvo foi  integrantes da atividade, servidores, estagiários, auxiliares do MPPE e representantes dos poderes executivo, legislativo e judiciário, além de pessoas ligadas a Organizações Não Governamentais (ONG’s).

Durante o evento foram discutidos, principalmente, as causas, os agentes externos e as atividades desenvolvidas na região como fator de risco, de trabalho e de desenvolvimento para a população. A Secretaria de Ciência, Tec…

Impacto global: Piauí e Pernambuco podem perder até 70% da agricultura. Vai custar mais caro não fazer nada.

Efeitos do aquecimento na agricultura brasileira serão dramáticos. O Ceará pode perder 80% da área fértil. Já Piauí e Pernambuco podem perder entre 60% e 70% da agricultura. Um estudo mostra os efeitos do aquecimento global na economia brasileira. Na agricultura, a água deixou de ser gratuita e passou a ser cobrada.

XVII Reunião Ordinária do CERBCAA e I Seminário Ecoambiental do Pajeú será em Floresta (PE)

Imagem
O Comitê Estadual da Reserva da Biosfera da Caatinga - CERBCAA/PE e a ONG EMA, realizam a XVII Reunião Ordinária e o I Seminário Ecoambiental do Pajeú nos dias 03 e 04 de dezembro de 2009 na cidade de Floresta (PE). O evento tem o patrocínio da Prefeitura Municipal  e da Câmara de Vereadores de Floresta e apoio do Clube de Diretores Lojistas – CDL, Compare LOGÍSTICA, Supermercado Preço Justo e MAXIMUS Supermercado. O evento será realizado no Auditório da Câmara de Vereadores situado na Praça Cel. Fausto Ferraz em Floresta-PE.
Confiram abaixo a programação completa dos dias do evento.

QUINTA – 03.12.2009


14h00 - Abertura.
14h10 - Leitura da Ata da última Reunião.
14h30 - Exposição sobre a EMA
Dr. Alípio Carvalho Filho.
15h30 - Intervalo.
15h45 - Palestra: Árvores da Caatinga
Dra. Rita de Cássia Araújo Galindo - IPA (Doutora em Botânica)
16h45 - Debates.
17h00 – Encerramento das atividades do dia.

SEXTA – 04.12.2009

08h30 - Palestra: Bioma Caatinga: Desenvolvimento Sustentável.
Dr. Élcio…

O Ministério Público de Pernambuco realiza o Seminário Estadual sobre os Impactos Ambientais na Área Gesseira

Imagem
Em quinze anos, de 1989 a 2004, 17% da caatinga (168.752 hectares) foram desmatados para abastecer os fornos das calcinadoras do Araripe, que transformam o minério gipsita em gesso, segundo levantamento de 2005 da Secretaria de Ciência, Tecnologia e Meio Ambiente (SECTMA).
Os impactos causados pela atividade serão tema do Seminário sobre impactos ambientais na área gesseira, no Sertão, dias 19 e 20, das 18h às 22h, com 180 vagas. Será no auditório do Centro Tecnológico do Araripe, em Araripina. A carga horária, de oito horas, inclui visitas de campo, pois no segundo dia, pela manhã, haverá visitas a mineradora, calcinadora e fábrica de pré-moldados. Inscrições até dia 17 pelo telefone 3182-7348. Veja programação completa abaixo. (Foto de Beto Figueiroa/JC Imagem, 16/02/2006) - Fonte: Verônica Falcão.

PROGRAMAÇÃO (Clique aqui)

ICMBio quer criar corredores ecológicos para salvar macacos ameaçados de extinção

Imagem
Macaco Prego - Foto Crédito: RuySalaverry

A criação de corredores ecológicos no Nordeste é a melhor opção para impedir o desaparecimento do macaco-prego-galego (Cebus flavius) e do guariba-de-mãos-ruivas (Alouatta belzebul), duas espécies de primatas originários da Mata Atlântica nordestina ameaçados de extinção pela crescente redução de seu habitat.

O analista ambiental do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) e coordenador de uma pesquisa sobre o tema, Marcos Fialho, informa que a proposta deverá ser incluída no plano de ação para preservação dessas espécies, a ser apresentado em breve pelo Centro Nacional de Pesquisa e Conservação de Primatas Brasileiros (CPB) e pela Diretoria de Conservação de Biodiversidade (Dibio) do Instituto Chico Mendes.
A sugestão de criação dos corredores é resultado de um estudo, realizado entre 2006 e 2009, no qual pesquisadores do CPB, com apoio do Ibama da Paraíba e de Alagoas, mapearam as populações de macacos-prego-galego e d…

Flora da caatinga

Nesta reportagem é mostrada a grande diversidade no bioma caatinga e os estudos sendo realizados com as plantas e animais. O semi-árido brasileiro é uma das regiões semi-áridas mais populosas do mundo. Estima-se que 28 milhões de brasileiros habitam o bioma Caatinga, das quais 38% vivem em áreas rurais. Abriga a população mais pobre do Nordeste e uma das mais pobres do Brasil. Cerca de 51% da população nordestina ou 22,9 milhões de pessoas são pobres, comportando 42% da população pobre do Brasil. Na maioria dos municípios a renda média per capita não excede meio salário mínimo. Em apenas 4,6% dos municípios da região o IDH é igual ou superior a 0,5 e a taxa de analfabetismo para maiores de 15 anos é bastante elevada, sendo entre 40 e 60 % em quase todos os municípios. A pressão sobre os recursos naturais é muito grande principalmente devido à pobreza e a falta de alternativas da população da região. A vegetação é a principal fonte de renda de uma parcela substancial da população norde…

Bioma Caatinga: Fazendas de uva recebem selo por preservar a natureza

Imagem
Certificação vale por dois anos e valoriza o produto. 
Proprietários ainda investem no bem-estar dos funcionários.

Nove fazendas de uva do Vale do São Francisco, na divisa de Pernambuco com a Bahia, receberam um selo de certificação internacional por adotarem práticas socioambientais responsáveis. Além de cuidar da preservação da natureza, os proprietários também investem no bem-estar dos funcionários.

Uma placa indica que, na área de 19 hectares, o bioma caatinga está protegido. Pode não parecer comum, mas a fazenda que fica no Vale do São Francisco tem uma área de 30 hectares onde são cultivadas uvas sem sementes para exportação. Além da área de reserva, a coleta do lixo é seletiva e placas indicam o perigo das embalagens de defensivos.
Por causa desses cuidados, pela primeira vez no Brasil, nove propriedades de uva da região foram certificadas pela rede de agricultura sustentável, que indica o cultivo de produtos agrícolas a partir de práticas socioambientais responsáveis.
“A gente f…