Comitê da Caatinga se reúne com a Direção da CPRH


Dando continuidade as ações estabelecidas pelo Comitê Estadual da Reserva da Biosfera da Caatinga - CERBCAA/PE para o corrente ano, no último dia 28.01 (quinta-feira) estivemos reunidos com a diretoria da CPRH- Agência Estadual de Meio Ambiente, através de seu Diretor-Presidente Hélio Gurgel, a Diretora de Recursos Florestais e Biodiversidade, Maria Lúcia Costa Lima e  o Diretor de Controle de Fontes Poluidoras,  Waldecy Ferreira Farias Filho. O CERBCAA/PE foi representado por Elcio Barros (Coordenador Geral), Guaraci Cardoso (Vice-coordenador) e Marcelo Teixeira (Secretário Executivo).
A reunião tratou da criação de unidades de conservação na caatinga Pernambucana.
Inicialmente foi entregue à CPRH uma relação de propriedades, e seus respectivos proprietários, totalizando uma área de 5.247,50 ha, na Serra da Canoa, município de Floresta (PE), para criação de uma unidade de conservação na bacia do Rio São Francisco como compensação ambiental de projetos da CODEVASF.
O CERBCAA/PE foi contactado pela CPRH no inicio deste ano e através das ongs EMA e SOS Caatinga, participantes do nosso Comitê, logo identificamos esta área. A CPRH está analisando outras áreas e incluiu esta também para levantamento por parte de sua equipe técnica.
Continuando a reunião, tratamos da criação das UCs de Serra Talhada e São Caetano, ficando acertado que até a realização da primeira reunião do CERBCAA/PE este ano, provavelmente na última quarta-feira de fevereiro, técnicos da CPRH visitarão as áreas indicadas em companhia de membros do Comitê e então, conjuntamente, definiremos os próximos passos para viabilização destas UCs propostas pelo CERBCAA/PE.
Ao final da reunião, solicitamos ao Dr. Hélio Gurgel, que é também o Secretário Executivo, a  participação do CERBCAA/PE como membro do CONSEMA - Conselho Estadual de Meio Ambiente de Pernambuco.
Dr. Hélio Gurgel, ficou de analisar o regimento do Conselho para definir se é possivel e colocou-se mais uma vez à disposição do nosso Comitê e, como temos reinvindicado, levantou a possibilidade de utilização de recursos da câmara de compensação ambiental para criação de UCs na Caatinga.
(Fotos: Guaraci Cardoso)

Comentários

  1. Francisco Barreto Campello1 de fevereiro de 2010 20:11

    Prezados
    Nesse momento de preocupação ocm as mudanças climáticas, é importante criarmos Unidades de Conservação, que possam promover também o uso da Caatinga, demonstrando assim, que podemos atuar no semiárido sem destruir as nossas Caatingas. Está na hora de Pernambuco inovar e criar a Primeira Florestas Estadual - Categoria de U.C de Uso sustentável.
    Quero aproveitar para parabenizar o Comitê das Caatingas pernambucana.

    Francisco Campello
    Assessor Técnico
    Projeto Conservação e Uso Sustentável da Caatinga
    MMA/PNUD/GEF/BRA/02/G31
    (81) 3441.5075 - R 283 ou 8759.1350
    www.projetocaatinga.com.br

    ResponderExcluir
  2. Caro Élcio,
    excelente a oportunidade se para discutir a criação de Unidades de Conservação para Caatinga junto a CPRH.
    Parabéns a todos os representantes do Comitê da Caatinga que participaram da audiência.
    Alexandre Moura

    ResponderExcluir
  3. É de grande valia a criação das UC, seja para uso sustentável ou proteção integral. Contudo, deve-se primeiro "desburocratizar" e qualificar o sistema gestor de Meio Ambiente no Estado. Criar meios de incentivos e não taxações severas para quem pretende desenvolver atividades de natureza sustentável, quem almeja adequar ambientalmente a propriedade rural como por exemplo, com a averbação da área de Reserva Legal e/ou a introdução de práticas de manejo florestal que se deparam com inúmeras exigências e quebra-cabeças jurídicos. Criar unidades de conservação sem antes ter as devidas condições técnicas de gerência, é começar pelo fim... Mas a iniciativa é interessante para construção de um novo modelo de gestão dos recursos ambientais do estado.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Alô amigos(as)caatingueiros(as). Neste espaço deixem seus comentários sobre as notícias e sobre o BLOG.

Postagens mais visitadas deste blog

O risco da caatinga virar um deserto"A vegetação típica do Nordeste está literalmente sumindo do mapa

Rio São Francisco - A extinção da caatinga (ESTUDO)