Aventura Selvagem e a Coruja Buraqueira da Caatinga


Em expedição pela Paraíba, Richard Rasmussen descobre algumas praças especiais no Aventura Selvagem desta sexta, 6 de agosto.
No alto das figueiras, vivem várias preguiças, mamíferos que passam a maior parte do tempo dormindo sobre os galhos. Aliás, eles fazem tudo em cima das árvores, inclusive se reproduzem. Nem precisa dizer o quanto nosso aventureiro fica fascinado com esses moradores das alturas.
Ao saber que o grupo de uma árvore não se relaciona com o de outra, gerando indivíduos com problemas genéticos, o Richard bola um plano para mudar essa situação. Junto com pesquisadores da Universidade Federal da Paraíba e com biólogos da Área de Proteção Ambiental, ele resolve levar uma preguiça para conhecer o grupo de outra árvore, a fim de promover o cruzamento entre eles. Uma tarefa nada fácil, mas que deixa Richard muito feliz.
Além das preguiças, um sapo gorducho cruza o caminho do selvagem e serve de modelo para várias demonstrações das características da espécie.
Mas o melhor de tudo é o encontro com um dos bicho mais esquisito das últimas aventuras: o urutau. Uma ave rara que também vive numa praça e passa despercebida até por quem já a conhece. Ela usa um disfarce inusitado, que só vai saber quem assistir a essa aventura até o final.
No quadro Sobrevivendo na Natureza, Richard descobre um jeito inteligente dos sertanejos matarem a sede na caatinga, durante o período das secas.
(Fonte: SBT)

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O risco da caatinga virar um deserto"A vegetação típica do Nordeste está literalmente sumindo do mapa

Rio São Francisco - A extinção da caatinga (ESTUDO)