Parque Nacional da Serra das Confusões

Serra das Confusões

Criado em 1998, abriga uma enorme área de Caatinga e é um dos maiores territórios de preservação do estado do Piauí, e de todo nordeste. A região desta unidade ainda encontra-se em estado primitivo de conservação, podendo ser encontrados inúmeros sítios arqueológicos em suas cavernas e grutas, apresentando litogravuras nos paredões rochosos de valor histórico, científico e cultural. O Parque Nacional da Serra das Confusões abriga um único ecossistema: a caatinga. Sua principal preocupação é preservar toda a riqueza desta paisagem, sua fauna e sua flora para as futuras gerações.
A área desta unidade ainda encontra-se em estado primitivo de conservação, podendo ser encontrado inúmeros sítios arqueológicos em suas cavernas e grutas, apresentando litogravuras nos paredões rochosos de valor histórico, científico e cultural.
Por que o nome Confusões ? Os moradores contam que as serras brancas e vermelhas ficam diferentes de acordo com a luminosidade do dia, deixando a pessoa com a vista confusa.

O Parque Nacional Serra das Confusões deverá ser aberto no mês de março de 2010. A data foi definida nesta semana, durante um seminário onde italianos trocaram experiências com técnicos do Piauí, Ceará e Maranhão.
Projetos de infraestrutura interna do Parque, começarão a ser executados imediatamente pelo Batalhão de Construções do Exército, com financiamento do Instituto Chico Mendes, liberados através da Caixa.
O Parque estimulará a criação de mais de dois mil novos empregos indiretos, envolvendo 12 municípios do Piauí, através de construção de hotéis, restaurantes e da rede de apoio ao turismo. A parceria vem desde a própria presidência da república do Brasil, ministérios e órgãos federais, secretaria de Estado do Piauí e prefeituras municipais de nove municípios (Anísio de Abreu, Brejo do Piauí, Caracol, Cristino Castro, Canto do Buriti, Guaribas, Jurema, Santa Luz e Tamboril).
Veja o vídeo na TV Caatinga (No final da página).

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O risco da caatinga virar um deserto"A vegetação típica do Nordeste está literalmente sumindo do mapa

Rio São Francisco - A extinção da caatinga (ESTUDO)