Jabutis serão soltos no Sertão do Estado


Ação em Sertânia faz parte do programa de soltura em massa da espécie realizado
pelo Ibama em parceria com o Parque Dois Irmãos


Um grupo de 60 jabutis do Parque Dois Irmãos será solto na manhã desta quinta-feira (25), em Sertânia, no Sertão, com mais 20 animais vindos de criadores particulares. A ação faz parte do primeiro programa de soltura em massa da espécie realizada pelo Instituto do Meio Ambiente e Recursos Naturais Renováveis (Ibama) na região do Semiárido.
O objetivo é reintroduzir os jabutis na caatinga, que é seu bioma natural. Além de auxiliar na conservação da espécie, a soltura também visa ao reflorestamento da caatinga, uma vez que esses quelônios são grandes dispersores de sementes.
Sob responsabilidade do Núcleo de Fauna - Centro de Triagem de Animais Silvestres (Cetas) do Ibama, a libertação será feita por técnicos dos dois órgãos públicos na Fazenda Algodões, imóvel de propriedade particular. Cada soltura inclui atividades de educação ambiental com as comunidades locais para informar as pessoas sobre os objetivos do programa, os hábitos dos animais e sobre o seu papel no ecossistema do Semiárido.
A maior parte dos 60 jabutis chegou ao Zoo ao longo dos anos por encaminhamento do próprio Ibama, vindos de pessoas comuns que não quiseram ou não puderam mais mantê-los. Desde novembro de 2008, os animais são acompanhados e ercebem tratamento médico e comportamental.
A primeira ação do programa do Ibama aconteceu em 26 de fevereiro último, quando 46 jabutis (seis do Zoo) foram libertados em propriedade rural no município de Taquaritinga do Norte, Agreste. Segundo o analista ambiental Edson Andrade, do Núcleo de Fauna do órgão federal, todos os animais foram analisados e marcados com números nos cascos, para que venham a ser monitorados pelos próximos dois anos.
(Fonte: PE360graus)




Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O risco da caatinga virar um deserto"A vegetação típica do Nordeste está literalmente sumindo do mapa

Rio São Francisco - A extinção da caatinga (ESTUDO)